Como é realizado o preenchimento dos lábios e sulcos da face?

Uma pequena quantidade de gordura, ao redor de 40ml é retirada da região do abdômen sob anestesia local. Esta gordura é centrifugada e resulta em 10 a 15 ml de gordura purificada e que contém células-tronco. Com este material realiza-se o preenchimento dos lábios e sulcos nasogenianos e bucais, também com uma anestesia local, semelhante aquela a que nos submetemos quando vamos ao dentista.

Qual é quantidade que deve ser injetada?

Esta avaliação é individual, variando desde pequenas quantidade para os lábios (1 a 3ml), sulcos nasogenianos (4 a 8ml), sulcos bucais (2 a 4ml) até quantidades maiores quando outras áreas do rosto estão sendo tratadas.

Pode-se associar outras cirurgias juntamente com o preenchimento dos lábios e face?

Sim, com uma grande freqüência realizamos a enxertia de gordura durante um procedimento de plástica palpebral (blefaroplastia) ou a plástica do rosto (lifting facial). Logicamente estas cirurgias são realizadas a nível hospitalar e com anestesia geral ou com sedação.

Como é a recuperação? Existe a necessidade de repetir o procedimento?

Existe naturalmente um inchaço nas áreas que são submetidas ao preenchimento e que é maior nos primeiros 5 a 7 dias. Após este período o edema residual vai regredindo havendo a estabilização das das áreas enxertadas. Com um mês o resultado é bem natural, estável e duradouro. Na maior parte dos casos não existe a necessidade de repetição do procedimento.